• Mauricio Torres

O que você teria que saber sobre Body Piercing, por Mauricio Torres “Banana” Piercer profissional.

O que você teria que saber sobre Body Piercing, por Mauricio Torres “Banana” Piercer profissional.

Esta informação é destinada a todos os clientes que gostam do Body piercing. Tem como objetivo informar sobre as práticas e normas mínimas que você tem de exigir em um estudio ou  loja  de piercings antes de se fazer um piercing ou perfuração, do jeito que seja sem riscos para você, evitando assim infecções e cicatrizes pela prática insegura.

Por que é tão importante fazer um piercing em um lugar “autorizado”?

Porque um piercing é um procedimento invasivo, que deve penetrar na pele para inserir uma peça de joalharia. Isto gera contato com o sangue, fluido corporal de alto risco.

Portanto:

– A perfuração tem de ser feita num ambiente em ótimas condições sanitárias para evitar a contaminação e infecções.

– Todo o equipamento deve ser estéril e descartável para evitar infecções como Hepatite B, C ou HIV / AIDS.

-A joia tem que estar estéril e em embalagem selada. O material do qual a joia é feita tem de ser certificado para implantes.

-A perfuração jamais tem que se fazer com “pistola”, elas têm contato com o sangue de muitas pessoas, e não podem ser esterilizadas, tendo maior risco para a saúde das pessoas.

– Nunca tem de ser feita numa feira, loja artesanal ou num local ao ar livre!

Aqui nós oferecemos informações úteis para escolher onde fazer um piercing com segurança.

O que você tem de procurar …? …

Quanto aos estúdios ou lojas de piercing:

Para escolher um estúdio onde você vai colocar o piercing você tem de usar o seu instinto e inteligência, a primeira impressão é crucial, o lugar tem de ter algumas áreas fechadas e separadas entre a recepção e a área onde os procedimentos são realizados.  Tem de estar impecavelmente limpo e arrumado. As barracas de artesanato ou vendedores ambulantes são um perigo, fique longe desses lugares!

Você tem que ter a certeza de que o local tenha autorização de  saúde,exija o documento). Exija mesmo que seja mostrado tanto o lugar onde você vai ser perfurado, quanto o material que vai ser utilizado.

Existe uma exigência legal de que as pessoas que queiram se fazer um piercing tem de serem maiores de idade. No caso dos menores de idade têm que estar autorizados pelos seus pais ou guardião através de um documento formal, com os apoderados presentes durante todo o procedimento.

Dicas para os menores de idade

Não aceite ser perfurado sem a autorização dos seus pais, você pode acreditar que estão fazendo um favor, mas na verdade você está em perigo.

Dicas para os pais

Se seu filho(a) chegar em casa com uma perfuração sem seu consentimento, é provável que  tenha sido feita em um lugar sem condições de higiene, colocando em risco a  saúde dele. Não suporte isso: denuncie esta situação à autoridade de saúde.

Uma das coisas mais importantes que você tem de exigir em um estúdio de piercing, é que tenham  um “Autoclave ou Esterilizador de Vapor Saturado” você tem de obrigá-los a mostrar-lhe a autoclave das instalações, se eles não têm autoclave, fique com medo … procure  outro lugar!

Se você achar que o lugar não é de confiança, não se arrisque!

Quanto à pessoa que faz o piercing:

Hoje em dia, o oficio de piercer (quem faz as perfurações) é uma carreira que exige estudo, treino e experiência. Muitas pessoas oferecem perfurações com toda a pretensão de ser profissionais, no entanto tem poucas pessoas que trabalhem do jeito correto.

Há muitas habilidades que tem de possuir um perfurador: de algum modo ele tem de mostrar para você  que tem feito cursos relacionados com prevenção de infecção, primeiros socorros, técnicas de assepsia e esterilização, entre outros.

Um perfurador ou piercer terá que ser capaz de atender e responder a todas suas perguntas de um jeito amigável e sincero, além de ser paciente, honesto e não mostrar interesse apenas em seu dinheiro. Melhor ainda tem que se preocupar pela sua segurança e conforto e tomar o tempo para educar e aconselhar o que é melhor para você. Um bom perfurador é capaz de ganhar a sua confiança!

Quanto ao procedimento:

Se você decide fazer-se um piercing num local, a primeira coisa que teriam que fazer é lhe explicar como você tem que cuidar a sua perfuração e por quanto tempo para curá-la corretamente. Tem cuidados que são muito importantes como o fato de que você não pode tirar a peça de joalharia na hora, pois a perfuração fecha com facilidade. Isto é importante para aqueles que estudam ou têm empregos muito formais.

Os piercings no corpo não têm que ter contato com água do mar ou piscina, pois podem se infectar.

Os piercings orais requerem abstenção de álcool ou tabaco por um tempo, assim também evitar alimentos muito quentes ou irritantes.

Em ambos os piercings orais e corporais a higiene é essencial, para os piercings orais se recomenda uma excelente higiene bucal e para os corporais a cura ou limpeza com soro ringer normal, fisiológico ou sabonete antibacteriano e água morna.

Isto teria de ser explicado antes da perfuração para que você possa decidir se o piercing é certo para você e se você for capaz de tomar conta de forma adequada.

Logo a explicação do procedimento e os cuidados posteriores teriam que exigir que você preencha um termo de consentimento informado. Aí você ficará num cadastro formal da loja e teriam que lhe explicar todos os riscos que poderia causar o procedimento. Também teriam que marcar uma data para um controle e fornecer por escrito o cuidado posterior detalhado e as informações do contato de quem realizou o procedimento.

O procedimento teria que se realizar numa sala, longe da atenção ao público, e tudo o que será utilizado tem de ser: “novo, estéril e descartável”.

Para checar se o material está realmente estéril, você tem de verificar que tudo o que vai se utilizar esteja embalado em pacotes especiais de esterilização. Estes pacotes têm uma área reativa, que muda a cor após a passagem através da autoclavagem.

Antes da perfuração, o perfurador tem “sempre” de lavar as mãos antes de colocar as novas luvas descartáveis, normalmente se usa mais de um par de luvas para cada procedimento. Se o perfurador não lavar as mãos ou não for usar luvas, vai embora desse lugar porque está colocando sua vida em grande risco.

Quantoao piercing:

Há muitas perfurações seguras. As mais comuns são orelhas, sobrancelhas, nariz, lábios, língua, umbigo, mamilos e genitais.

Outras perfurações menos comuns são “Surfaces e microdermals”, eles podem curar bem no rosto, pescoço, peito, costas e outras partes do corpo, mas é imprescindível a utilização de “peças de joalharia adequadas” e material adequado.

Você pode pesquisar mais sobre os surfaces no link embaixo.

http://bananapiercer.wordpress.com/2010/07/05/surface-barbell-o-barras-de-superficie-la-joyeria-adecuada-marca-la-diferencia/

Perfurações que você nunca teria que fazer:

Há uma série de perfurações que normalmente não curam bem, ou que podem deixar cicatrizes no corpo, “eu”, pessoalmente, nunca recomendo executar os seguintes piercings:

Bananas na língua:

A peça chamada banana pega muito pouco tecido, além de criar tensão nos extremos por causa da sua forma curva. A soma disso faz com que o corpo a rejeite. Bem como os movimentos naturais da língua favorecem tanto o aparecimento de cicatrizes quanto o aumento da rejeição.

Perfuração horizontal na língua:

Perfurar a língua de forma horizontal  impede seu movimento normal. Como a língua ocupa todo o espaço na cavidade inferior da boca, as esferas da peça ficam entre os dentes superiores e inferiores danificando seriamente dentes e impedindo a fala.

Bananas ou barbells retos em áreas planas do corpo:

Os barbells pegam muito pouco tecido, a pele faz muita pressão para se liberar desta peça, tentando sempre. Suas bolas exercem pressão sobre a pele e quase sempre acabam sendo expulas pelo corpo deixando cicatrizes hipertróficas, quelóides e todo tipo de marcas horríveis.

Embora nem todas as bananas sejam expulsas completamente (motivo pelo qual ainda tem pessoas que continuam colocando) sempre ficam tortas, sempre perdem mais tecido e, caso curem, é muito exquisito que tenham pele suficiente para que estejam bonitas. A não ser que mudem a peça por uma outra mais curta, logo volta a perder mais pele, acabando com apenas uma casquinha de pele com um brinco pendurando. Este tecido pode rasgar fácilmente deixando cicatrizes horríveis.

Piercings em dedos, mãos, pés ou pernas:

Não  precisa ser um especialista do piercing para ter senso comum suficiente para deduzir que se você se fura mãos ou pés ou qualquer área que esteja muito exposta à pressão de suas roupas, a perfuração não vai curar corretamente e vai deixar uma cicatriz anti estética. Evite também pregas naturaistais como a cintura, pois a pressão constante da pele danificará a perfuração.

Corset e Colagens:

Muitos artistas do piercing levam em prática sua inteligência para realizar projetos em costas, pernas, braços ou onde for, juntando muitas perfurações com fitas ou acessórios para competir em convenções ou para uma foto artística. No entanto, a grande maioria destes projectos, por não falar em todos, têm problemas e não curam. Quanto à peça do piercing:

Aspectos importantes nas peças são o polimento que tem de ser espelho e a peça em si mesma não tem que ter arranhões em sua superfície. Hoje em dia oferecem muitos materiais para os piercings, mas só recomendo os seguintes:

Titânio (Ti6Al4V ASTM F-136)

O titânio é, de longe, o melhor material para fazer uma perfuração. É um material leve e cura rápidamente.Se o titânio é de grau de implantes não pode provocar alergias (ou pelo menos não há nenhum registro de alergia ao titânio).

Aço cirúrgico de grau de implante (ASTM F 138)

O aço cirúrgico é um material bastante aceitável para perfurações iniciais, mas o aço pode causar alergias em pessoas sensíveis ao níquel.

Pyrex ou vidro borosilicato

Este material é amplamente utilizado para a primeira colocação de alargadores, é leve e não-poroso, por conseguinte é fácil de limpar e cura muito bem.

Peças Orgânicas:

As peças orgânicas  são  amplamente utilizadas para perfurações curadas, especialmente alargadores, são ideais pela  sua beleza e também permitem uma maior oxigenação da perfuração, evitando a formação de isca que produz cheiro ruim (nunca tem que ser utilizadas para perfurações novas).

* Não recomendamos a utilização de materiais como plástico ou acrílico no seu piercing, nem para se perforar nem mesmo para mudar sua peça após a cicatrização da perfuração, pois estes polímeros podem causar alergias. (PTFE ou Teflon é um dos poucos polímeros que são aceitáveis ​​em body piercing)

Quantoàrosca ou fio nas peças:

Existem diferentes tipos de peças e tipos de fios em cada peça, mas tem pontos importantes a considerar:

Peças sem rosca: (nostril, captives, septo reteiners, nose rings, etc) teriam que ter bordas arredondadas para evitar danos ao tecido quando entram na perfuração.

Peças rosca interna: é de longe a melhor opção, pois não danifica o tecido e também não contêm resíduos orgânicos sobre a na rosca ou embaixo da  bolinha, mas é consideravelmente mais cara do que a peça de rosca externa (em alguns países só é permitido usar peças de  rosca interna. A APP associação de piercers profissionais, exige que seus membros só usem peças de rosca interna).

Peças com Pin: as peças com pin são uma excelente opção para algumas das perfurações, são de rápido empalmação e de extrema beleza. Têm as mesmas propriedades positivas que a rosca interna, contudo não são adequadas para piercing na língua ou outros que estejam sujeitos a forças que possam tirar  as partes.

Peças com rosca externa: são de longe as mais usadas (se não a única utilizada na América do Sul), foi uma alternativa mais barata, mas uma regressão para os desenhos de peças de Jim Ward. Estes são aproximadamente dos anos 70, no entanto as peças de rosca externa são um retrocesso no tempo a uma época que não teve momento na indústria do piercing só até que empresas sem escrúpulos tentaram imitar os desenhos das verdadeiras peças corporais. A rosca externa danifica o tecido ao entrar pela perfuração, acolhe o material orgânico e aumenta a probabilidade de infecção e cicatrização retardada. Ainda que esta peça seja a mais utilizada na América do Sul,  estmos trabalhando danadamente junto um grupo de perfuradores para erradicá-las das perfurações iniciais (esperamos  ter susesso).

Quanto ao pós-tratamento:

Toda perfuração merece pós-tratamento, pelo menos no período de cicatrização. Estes são consistentes com a perfuração (entre no link para a área).

Rosto ou corpo:

http://bananapiercer.wordpress.com/cuidados-posteriores/cuidados-facial-corporal-surfaces/

Oral:

http://bananapiercer.wordpress.com/cuidados-posteriores/cuidados-orales/

Quanto aos problemas mais comuns:

Os problemas mais comuns incluem:

Inflamaçao excessivo:

Se a peça apertar tanto pela inflamação excessiva quanto porque ela  é muito curta, consulte o seu piercer: se precisar vão te trocar a peça por  uma mais longa. Não deixe que tirem a que você tinha! Isto pode ser  sinal que as reutilizam. Se não for resolvido, procure um médico.

Secreção amarelada ou esverdeada (infecção)

Este é um claro sinal de infecção, a recomendação mais útil é visitar um médico e previamente seu piercer. Somente um médico pode lhe dar antibióticos.

O sangramento excessivo:

O sangramento pode ser normal às vezes. É aconselhável aplicar frio local que ajuda a produzir vasoconstrição para parar o sangramento. Se persistir consulte o seu piercer, se ele não resolver o problema, consulte um médico.

Reacções alérgicas:

Este tipo de reações são comuns com aço cirúrgico. É aconselhável substituir a peça por uma de melhor qualidade. Os  produtos químicos para o cuidado de um piercing, como anti-sépticos, também podem causar alergias.

Aumento de volume ou formações anormais dos tecidos:

Estes podem ser granulomas, quelóides, cicatrizes hipertróficas ou abscessos. São problemas que podem ocorrer por causa de um piercing. Cada lesão tem uma origem diferente. Recomendamos visitar  um médico e  seu piercer para mantê-lo a par do que aconteceu.

“Estas são apenas alguns assuntos que você tem que saber sobre Body Piercing. Eu espero que seja útil para que os clientes saibam escolher o lugar certo para enfeitar seu corpo e evitar complicações que hoje fizeram a má prática de piercing um problema saúde ….procure, averigue, pesquise e escolha o melhor lugar.

Certamente não vai ser o mais barato, mas você vai evitar muitos problemas e momentos ruins”.

Respeitosamente …

Mauricio Torres “Banana”

Piercer Chileno

Traduzido com carinho e respeito por:

Juliana Escobar                                                                                          

Body  piercer colombiana estabelecida na Argentina

Na Colômbia : Tinta cereza Tattoo & Body piercing :

http://www.facebook.com /tinta.cereza

Na  Argentina : New  school Body Work :

http://www.facebook.com/pages/New-School-Body-Work/233441973340207

3 views
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - White Circle

© Bio-Metal 2010 by Mauricio Torres . All rights reserved.

News - Noticias